sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Quando a tristeza quebra tudo com a alma


   Cotação: *****

   Blues & Soul Sessions (Chico Blues). Esse é um daqueles discos que já nascem batizados de “clássico”.  É mais um feito desse guitarrista que passeia com naturalidade pelas diversas veias do blues. Igor Prado e sua excelente banda, doutores no quesito swing, buscaram no soul um maior balanço e vocais mais agressivos, criando uma música altamente enérgica e carregada do feeling inerente ao blues e ao soul. O disco prima por uma produção impecável, compartilhada entre Chico Blues e o próprio Igor, e traz uma seleção de músicos cascudos, como JJ Jackson, Curtis Salgado e Greg Wilson.
   O trabalho abre com Prado’s special, um petardo com a participação de um excelente trio de sopro composto por Denílson Martins, Sidmar Vieira e Sax Gordon. Na sequência, It ain’t  no fun to me, canção com uma pegada mais soul, e You hurt me, essa com os vocais carregados de feeling da norte-americana Tia Carroll e um maravilhoso solo da guitarra de Igor Prado.
   A gravação continua com uma trinca de músicas ao melhor estilo soul com influências de bandas como Bar-Kays e Sam & Dave: Don’t turn your heater on, um soul dançante que conta com o backing vocal de Curtis Salgado (músico do Alligator Records), Darling darling darling e I’m living off the love you give
   If I can’t have you junta o lamento do blues e a sinceridade do soul nas vozes de JJ Jackson e Tia Carroll. Uma aula de dor. Um remédio contra a tristeza. Enfim, coisa fina! Greg Wilson, membro fundador do Blues Etílicos, também mostra seus dotes musicais na excelente Tramp.
   Curtis Salgado encerra sua participação em Lucky loser, outra canção com muito swing e um teclado que dá todo o colorido. Funky Screwdriver, como o próprio nome diz, traz muito balanço em uma faixa instrumental em que todos os integrantes da banda têm a liberdade de fazer uma “graça”. O disco encerra com dois bônus, It’s your thing e Keep Knockin. Ambas mantêm o selo “Prado de Qualidade”, mas a última merece um comentário particular. Keep Knockin é uma porrada-levanta-defunto que lembra o melhor de Little Richards com a guitarra do mestre Alvin Lee! Viajei? Esse disco nos permite essa façanha! 
   Há ainda um  DVD bônus com a gravação em estúdio! Ou seja, aproveite o clima natalino e peça ao Papai Noel mais esse belo trabalho de um dos maiores nomes do blues da atualidade: Igor Prado.

Um comentário:

VictorTopfer disse...

Ótimo disco !!
Vou procura-lo na internete.
Das musicas que ouvi, a "Darling Darling Darling" foi a melhor que ouvi !!!