terça-feira, 18 de setembro de 2012

Eu escuto a BluesOn



Um serviço aos fãs do blues. É como classifico a recém-criada BluesOn. A webstation é dedicada ao Blues, sim com maiúsculo. A estação foge da “ditadura” da guitarra e traz canções do arco da velha, anos 1920 e 1930. Falo isso com entusiasmo, pois no Brasil o blues mais aceito é o blues-rock, nada contra e tudo a favor, entretanto criou-se uma barreira à raiz da coisa. Bruno Lopes, criador do projeto, é um profundo conhecedor do estilo e garimpa como poucos este maravilhoso estilo musical que tanto influenciou toda a sociedade norte-americana. Claro, também, muito Muddy Waters, Howlin’ Wolf e toda a rapaziada do sindicato.

Com a palavra, Bruno Lopes:

A BluesOn nasceu da ideia de compartilhar e promover o blues. Compartilhar porque há anos escuto e coleciono bandas/músicas de diversos estilos e características dentro do blues. O blues ainda não atinge todos os ouvidos. No entanto, a maioria gosta de rock'n roll, que bebeu e sempre vai beber do blues. O blues sempre foi seguido de algumas crenças como ser escolha de pessoas mais velhas, cultas ou ser um ritmo chato. No entanto, temos diversos estilos de blues dançantes e enérgicos, com muito swing. Aí nasce a ideia do promover... Mudar um pouco a visão de que o blues é chato, regado de pessoas velhas e que sim, o blues tem energia, swing e ritmo pulsante. Além de ser um canal para pessoas que gostam de ouvir o bom blues, a intenção é levar até as pessoas que não conheçam o ritmo.

Para promover e compartilhar a rádio tem que ser aberta, por isso, tocamos todos os estilos de blues, sem defender nenhum deles. Tocamos roots, R&B, eletrico, chicago, gaita, piano, spiritual/gospel, texas... Se ouvir um blues no berimbau, tocaremos. Nacional e Internacional. Além disto, disponibilizamos um canal, chamado participe, onde a pessoa pode escolher qualquer música disponível e a mesma tocará em alguns minutos, ou horas, dependendo da fila de reprodução/programação. Nesta lista estão disponíveis atualmente cerca de 1400 musicas. Também, mantemos canais abertos para envio de mensagens, músicas e outros. Sempre divulgando shows e principalmente incluindo novas bandas em nossa programação, como o Paulo Meyer, que pessoalmente nos entregou seu próximo CD a ser lançado e que já está disponível na rádio.

Participe: www.blueson-radio.com/participe

Também disponibilizamos um canal sobre bandas e blogs, veja, ali encontram-se apenas bandas e blogs que autorizaram a divulgação, e não bandas e blogs que conhecemos. Portanto, ainda possuí um numero relativamente baixo de nomes. De qualquer forma já temos bandas da Argentina (Gustavo Lazo), da África do Sul (Albert Frost, The Blues Broers - Broers significa Brothers em africano), dos EUA (Big Daddy Dupree e Cruizers Brothers).

Bandas: www.blueson-radio.com/bandas
Inclusive, seu blog está listado... www.blueson-radio.com/blogs

Programação:

Album: Programa que apresenta um album do começo ao fim. Já apresentamos Muddy Waters com Electric Mud, Albert King com Born Under a Bad Sing, Koko Taylor... Um album por semana!

Segunda 14:00 - 15:00
Quarta 13:00 - 14:00
Sexta 14:00 - 15:00
Domingo 14:00 - 15:00

Fireyroots: Este programa apresenta o "começo" do blues... Anos 20, 30, 40... Na essência, o blues permanece o mesmo desde sua criação, representando tradição e expressão pessoal. As gravações de blues do início do século XX distinguem-se pela simplicidade, seus violões e pianos rurais. Fireyroots apresenta as raízes do blues moderno.

Segunda 07:30 - 08:30
Quarta 07:30 - 08:30
Sábado 08:00 - 10:00 (repeteco)

Bluesy: Programa dedicado ao slow blues. Dedicada ao 'slow blues', esta programação especial traz toda energia do blues condensada. O 'slow blues' é como uma grande tela em branco que permite o desenvolvimento de solos e improvisações que se arrastam e envolvem.

Segunda 11:00 - 12:00
Sexta 11:00 - 12:00
Domingo 08:00 - 10:00 (repeteco)

Tympany Five Royal Tree: Dedicado ao Early R&B, Soul, Jump Blues/West Cost. Louis Jordan foi bandleader, compositor e pioneiro no Rhythm & Blues. Quebrou barreiras ao se popularizar entre negros e brancos. Conhecido como "The King of the Jukebox", a revista Rollin' Stones o clasificou como um dos 100 maiores artistas de todos os tempos. A Billboard o classificou como um dos mais bem sucedidos músicos Afro-Americanos do século XX. Este espaço é dedicado ao R&B, Jump Blues, Funk, Soul... e homenageia Louis Jordan and His Tympany Five.

Segunda 17:00 - 17:45
Quinta 17:00 - 17:45
Sábado 11:00 - 12:30 (repeteco)

Blues Power: Dedicado ao blues elétrico, mais moderno. Às vezes, blues-rock, às vezes. Com guitarras ferozes e solos energéticos, a BluesOn dedica este espaço ao blues elétrico. De Chigado ao Texas, guitarras e gaitas distorcidas incorporaram o entusiasmo do rock'n roll tornando o blues mais vigoroso e vibrante.

Terça 11:00 - 12:00
Quinta 11:00 - 12:00
Sábado 14:00 - 16:00 (repeteco)

Blues Soup: Neste programa fazemos algo diferente, escolhemos um tema. Blues de chicago, texas, pianistas... e dedicamos a semana a um gênero ou época.

Terça 15:00 - 16:00
Quinta 15:00 - 16:00

Red, Hot and Cool: Dedicado aos classicos. Muitas canções de blues foram imortalizadas e constantemente regravadas pelos mais renomados músicos e bandas. Aqui no Red, Hot & Cool você escuta o melhor do blues, os clássicos que definem o gênero e inspiram.

Terça 17:00 - 18:00
Sexta 17:00 - 18:00
Domingo 11:00 - 13:00 (repeteco)

Live & Well: Apenas músicas gravadas ao vivo. O blues sempre se valeu das emoções e através da improvisação percorre vários caminhos. A mesma música assume diversas formas e Live & Well exibe as performances ao vivo, transmitindo toda percepção e sentimento dos músicos.

Terça 21:00 - 22:00
Quinta 21:00 - 22:00

The Blues Brothers Show: Apresentamos músicas dos Blues Brothers e referencias como Sam & Dave, Jim Belushi and the Sacred Hearts.

Quarta 15:00 - 15:45

Out of the Blues: Único dedicado ao Jazz... Apesar de não ser o foco, não deixaríamos de incluir algo do gênero. Criados no mesmo ambiente e enraizados na cultura Afro-Americana, o blues e jazz possuem diversas semelhanças, porém o amadurecimento de ambos aconteceu de forma distinta. Único em nossa programação Out of the Blue é dedicado a todas as formas de jazz.

Quarta 23:00 - 24:00

Um comentário:

João Luis Calliari Poesias disse...

Parabéns!! O Blues me pegou aos 13 anos de idade, estou com 58. Antes de mim, dizia-se que ele morreria. Ainda bem que o pessoal se engana. Abraços e vamos em frente. Food for the body, Blues for the soul.
O Blues é um veleiro que singra no meu sangue
Quando arria velas, lança âncora na enseada do meu peito
Para que eu possa, de novo, ventar

Abraço!!

www.jlcalliaripoesias.blogspot.com